PORQUE NÃO USAR NIVEIS DE PERSONAGEM

Os níveis de personagem são um modo comum de se quantificar e classificar o poder geral de um personagem ou oponente. Porem não é um modo realista de interpretar as coisas. pense você mesmo, ao aprender algo você aprende todo um conjunto de habilidades de uma vez? provavelmente não.

O sistema Jornada RPG tenta oferecer não somente um combate realista mas também uma experiencia mais coerente de como as coisas devem ser tratadas. o treinamento do personagem junto com sua evolução pessoal ficam estranhas se representadas com níveis, apesar de os níveis terem uma ótima capacidade de quantificar o poder dos personagens, eles também são o mesmo tempo restritivos, o seu personagem não pode derrepentemente mudar o rumo de todas as suas habilidades e capacidades se especializando somente em um assunto novo? Os níveis deixam isto de modo restrito. Então por isso jornada RPG usa a forma de distribuição de pontos, com características custando valores diferenciados pela sua utilidade.

É possível somente distribuir em Atributos se o personagem assim desejar. Ou distribuir somente em pericias, ou distribuir somente em Vantagens, ou receber uma magia nova, tudo isto quando o jogador desejar, de acordo com os pontos de experiencia que ele possui para adquiri tais aumentos na ficha do seu personagem. Isto é interessante para podermos retratar ocasiões que com níveis de personagem não fazem muito sentido como;

Você recebe um treinamento com um espadachim lendário, ele te ensina um truque secreto de como manejar as espadas de modo correto, com níveis de personagem você deveria esperar provavelmente de 1 a duas seções de jogo para subir um nível e poder aplicar o segredo que lhe foi passado. Com Distribuição de pontos você poderá ganhar tal técnica secreta ao gastar os pontos de experiencia necessários para isso, o narrador pode determinar que os que o personagem possui podem ser gastos para aprender tal técnica no mesmo momento. Mas também pode determinar que o personagem deve passar um tempo em treinamento com o Espadachim lendário e a experiencia ganha com esse treinamento especial pode ser usado para aprender a tal técnica secreta.

O mesmo poderia acontecer com magias por exemplo, ao encontrar uma magia banida/proibida/esquecida o personagem poderia ganhar experiencia adicional ao estuda-la através do pergaminho que ela se encontra e assim poder aprende-la, ou se o Narrador permitir ele poderia gastar a própria experiencia que já possui para poder aprende-la.
Caso fosse com níveis, geralmente o personagem deveria esperar ganhar um nível para aprender uma nova magia.

Eu lembro que uma vez eu e meus amigos jogávamos um RPG que utiliza níveis para contabilizar o poder dos personagens, e para deixar mais realista, após ganhar um nível ninguém ganhava as habilidades e capacidade na hora como normalmente seria. Ao invés disso, O Narrador fazia os jogadores gastar tempo em treinamento para poder distribuir as capacidades ganhas com o aumento do nível. Caso não usássemos a contabilidade de níveis daria quase no mesmo, porque no final nossos personagens estavam evoluindo devagar e gradualmente, ao invés de dormir e derrepente acordar com novas capacidades magias e oque for que o novo nível forneceu a ele.

Será mesmo que você dorme e acorda sabendo novas habilidades?

Alem disso, a Distribuição por pontos disponibiliza uma customização muito maior em comparação com a contabilidade de níveis, e todos sabemos que ninguém é igual a ninguém.

 

Vinicius “Velholobo” Vale

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *